“O ódio se combate com a oração e gestos de paz”, afirma Papa Francisco no Angelus deste domingo

março 17, 2019 No Comments
“Expresso minha proximidade aos irmãos muçulmanos e à toda a comunidade e renovo o convite a unir-se com a oração e os gestos de paz para combater o ódio e a violência.”, disse o Papa ao final da oração do Angelus.
Com informação: Vatican News 
Bianca Fraccalvieri – Cidade do Vaticano

Após rezar o Angelus neste II Domingo da Quaresma, o Papa Francisco falou com pesar do atentado em Christchurch, na Nova Zelândia.

“Nesses dias, à dor pelas guerras e os conflitos que não param de afligir toda a humanidade, se acrescentou a dor pelas vítimas do terrível atentado contra duas mesquitas em Christchurch, na Nova Zelândia. Rezo pelos mortos e feridos e pelos familiares. Expresso minha proximidade aos nossos irmãos muçulmanos e à toda a comunidade e renovo o convite a unir-se com a oração e os gestos de paz para combater o ódio e a violência.”

A Praça S. Pedro ficou em silêncio quando Francisco pediu que os fiéis rezassem todos juntos “pelos nossos irmãos muçulmanos que foram mortos”.

O Pontífice já havia manifestado sua solidariedade através de um telegrama assinado pelo secretário de Estado, Card. Pietro Parolin.

Fonte: https://www.vaticannews.va/pt/papa/news/2019-03/papa-francisco-christchurch-oracao.html

Notícias

Comente!