Santuário em festa! Marcelo Feltri será ordenado sacerdote.

agosto 27, 2017 No Comments

O Santuário Sagrado Coração de Jesus está em festa. O diácono Marcelo Feltri, que exerceu estágio pastoral entre os anos de 2012 e 2013, será ordenado sacerdote pelas mãos do nosso bispo diocesano, Dom Luiz Antônio Cipolini. O então seminarista, no exercício do estágio pastoral, teve forte vínculo e ficou marcado no coração da comunidade que tem como padroeiro o Sagrado Coração de Jesus. Seminarista de grande apelo missionário,  acompanhou e deu formações a todas as pastorais do Santuário, tendo efetiva participação na Pastoral da Comunicação e no grupo de jovens “Sentinela”. Neste último, foi fundamental para o desenvolvimento e os trabalhos das “Missões Francisco”, que realizava trabalho de evangelização em comunidades carentes e desapegadas a Igreja.

A ordenação presbiteral do diácono Marcelo Feltri será no dia 22 de setembro, às 20h, na Catedral São Bento, em Marília. No sábado, 23, pela manhã, ele celebra sua primeira missa, voltada aos padres e seminaristas, na Capela do Colégio Sagrado Coração de Jesus, também em Marília. Marcelo Feltri desenvolveu seu estágio pastoral por dois anos no Santuário de Vera Cruz, onde também celebrará missa em data a ser confirmada.


Diácono Marcelo Feltri faz convite para a comunidade de Vera Cruz para comparecer na ordenação Sacerdotal do próximo dia 22/09

Convite da Ordenação Sacerdotal do Diácono Marcelo Feltri

 

 

Biografia

Marcelo Feltri Ribeiro nasceu em 15/03/1985. É o filho mais velho de João Francisco Ribeiro e Olinda Maria Feltri Ribeiro, e irmão de Fabricio Feltri Ribeiro, um ano mais novo. Foi educado na fé católica. “Desde cedo meus pais me ensinaram amar a Virgem Maria e nosso Senhor Jesus. Frequentávamos a capela Nossa Senhora Aparecida, na cidade de Fernão Dias. Em 1995 comecei a catequese em preparação para a primeira Eucaristia, porém, devido à mudança para Piratininga, não pude dar continuidade no segundo ano”, contou Marcelo.

 

A mudança para área rural dificultou a frequência nas missas. “Foram nove anos sem ter nenhuma vivência de comunidade paroquial, anos distantes de Deus. Só me restou o amor à Virgem Maria, e eu pedia a ela para cuidar de mim, todos os dias. Foram anos difíceis longe de Deus, mas o Senhor não se esqueceu de mim”, afirmou.

 

Em 2005, após o convite de um amigo de escola, Marcelo Feltri voltou a  frequentar a missa e foi convidado para participar do Grupo de Jovens “Luz das Nações”, onde recebeu um contive para participar de um Encontro na cidade de Marília. “Quem estava pregando era o Rodrigo, da Missão Louvor e Glória. Foi no dia 31/07/05, um dia que mudou minha vida radicalmente. Após esse encontro, comecei a participar do Grupo de Jovens e do Grupo de Oração da Renovação Carismática. Fui fazer a preparação para receber o sacramento da Eucaristia e da confirmação, que ocorreu em 2006”, disse.

 

Continuando seu relato de como surgiu sua opção pela vida sacerdotal, acrescentou: “Fui um dia à capela do Santíssimo e perguntei a Jesus o que ele queria de mim, a missão que ele me confiava. Fechei os olhos com medo de acontecer algo absurdo à minha frente, foi quando me vi como as vestes sacerdotais. A princípio eu não aceitei a ideia de ser padre. Foi preciso um tempo de acompanhamento e direção espiritual para conseguir aceitar o chamado de Deus. Eu estava feliz na minha profissão, era encarregado de produção na fábrica que eu trabalhava, onde havia inúmeras possibilidades de subir de cargos na empresa. Sonhava conquistar o sucesso na profissão e ter uma boa esposa e vários filhos”, explicou.

 

Marcelo Feltri continuou: “Eu estava engajado nos trabalhos de evangelização na Diocese de Bauru, por meio da Renovação Carismática, pregando encontros, formação. Diante disso, crescia o desejo de me consagrar a Deus e à Igreja. Fui acompanhado pelo pároco da paróquia Santa Maria, de Piratininga. Paralelo ao acompanhamento vocacional, eu também estava conhecendo o carisma da Missão Louvor e Glória, até que em 2008 comecei a direcionar o acompanhamento para vir fazer a experiência com a missão. Nesse período fui me preparando para poder vir morar em Marília e começar os estudos de Filosofia. Os três anos de faculdade seriam para amadurecer esse desejo de ser padre e também para conhecer o carisma da missão.  Em 2009 mudei para Marília, fui acolhido pelo padre Clécio na Catedral São Bento, fui ministro Extraordinário da Eucaristia, Catequista de jovens e adultos. Depois fui funcionário da Catedral. Foram três anos intensos, conciliando faculdade à noite, a missão durante o dia e os trabalhos na paróquia aos finais de semana”.

 

Em 2012 foi acolhido no seminário propedêutico, por Dom Osvaldo Giuntini. Em 2013 iniciou a Teologia, ano em que Dom Luiz Antônio Cipolini foi nomeado bispo na Diocese de Marília.  Em 2013 e 2014 realizou seu estágio pastoral em Vera Cruz, em 2015 e 2016, na paróquia São Miguel Arcanjo, em Marília, e em 2017 começou o trabalho pastoral na paróquia São José de Panorama.

 

“No final de 2016, após o término dos estudos teológicos e feito o exame De Universa, Dom Luiz convidou o Francisco Andrade, o Guilherme Massoca Baptista e a mim para que fossemos até a residência episcopal, quando nos autorizou que fizéssemos o pedido de ordenação. Foi um momento em que estava se cumprindo um chamado que Deus me fez há anos, o que ocorreu em 31 de março deste ano”, acrescentou,

 

“Agora, chegando o dia da ordenação presbiteral, eu só tenho a agradecer a Deus, pois me escolheu, mesmo com minhas fraquezas, para ser um homem consagrado a Ele e à Igreja. Minha gratidão a todos que rezaram por mim ao logo desses oito anos”, concluiu o diácono Marcelo Feltri, que convida as comunidades por onde passou para sua ordenação.

 

“A paróquia do Sagrado Coração de Jesus de Vera Cruz sente-se agradecida pela convivência com o então seminarista, hoje diácono Marcelo Feltri, e o parabeniza pela ordenação presbiteral, destaca Pe Marcos Ortega, pároco e reitor do Santuário.

 

SERVIÇO

 

Ordenação Presbiteral do Diácono Marcelo Feltri Ribeiro

Dia: 22/09/17

Hora: 20h00

Local: Paróquia Catedral Basílica São Bento – Av. Pedro de Toledo, 901, Marília/SP

Notícias, Vídeos

Comente!