Santuário lembra os 30 anos de morte do Monsenhor Santamaria

novembro 16, 2016 No Comments

Vera Cruz, 14 de novembro de 2016  

No sábado, 12/11, no Santuário, foi celebrada missa para marcar os 30 anos de morte do Monsenhor Florentino Santamaria. A celebração foi presidida pelo pároco e reitor do Santuário, Pe Marcos Ortega.

Sepultado em uma das capelas do Santuário, Monsenhor Florentino Santamaria nasceu na Espanha em 14 de março de 1900 e faleceu em 12 de novembro de 1986, em Vera Cruz. Nesse mesmo ano, pouco antes de sua morte, Monsenhor Florentino Santamaria comemorou seus 50 anos de sacerdócio. Seu falecimento foi uma perda que mexeu com os sentimentos de toda a comunidade.

Em sua homilia, durante a celebração, Pe Marcos Ortega destacou as obras do Monsenhor, dentre elas a construção da creche, escola de comércio, hospital, e o Santuário e exaltou sua atitude de evangelizar e unir a comunidade para as obras. A procissão de entrada do ofertório trouxe os livros que publicou: “Vera Cruz foi assim” e “A linguagem dos símbolos”. “Ele veio de um país distante par escrever a história de nossa comunidade com fé, coragem e atitude”, enfatizou Pe Marcos.

Ao final da celebração, houve uma homenagem com apresentação de um vídeo produzido com fotos de vários momentos marcantes da história vivida por Monsenhor Santamaria no Santuário e no município.

Uma exposição com fotos, vestuário e objetos utilizados por Monsenhor foi montada no interior do Santuário. Em Vera Cruz, Monsenhor Santamaria escreveu uma história fortalecida de fé, fraternidade e colaboração. Um trabalho que começou com um sonho encabeçado pelo pároco, mas que foi idealizado em conjunto com a comunidade. Além do seu trabalho à frente da paróquia, vários projetos implantados no município contaram com apoio e envolvimento do Monsenhor Santamaria. “Um visionário para a época, que merece ser lembrado pela comunidade”, destaca Pe Marcos Ortega.

 

MONSENHOR FLORENTINO SANTAMARIA 

1981. No livro “A linguagem dos Símbolos”, de autoria do Monsenhor, o Frei Daniel Tomasella, OFMCap, Bispo de Marília fala do Sacerdote.

“Monsenhor Florentino Santamaria completou 45 anos de contínuo pastoreio na paróquia do Sagrado Coração de Jesus. Veio da gloriosa Ávila de Santa Teresa para exercer o seu ministério sacerdotal no Brasil. Trazia uma bagagem cultural e humana de inestimável valor. Criou aqui raízes e se identificou com a nossa gente e com a nossa vida. Nunca mais voltou à sua terra natal.

Tudo o que existia até então em Vera Cruz, em termos de Igreja e promoção humana e social estava ligado ao descortino e à atividade profícua de seu zeloso Pároco.

Uma de suas primeiras iniciativas, ao tomar posse da paróquia, foi projetar e construir o novo templo definitivo, dedicado ao Sagrado Coração de Jesus. Encontrou uma capela de madeira e deixou uma igreja monumental, de raro valor artístico.

Monsenhor não é apenas um amante de arte, é, acima de tudo, um evangelizador. E foi assim que ele concebeu e realizou o seu plano arquitetônico: dotar a paróquia de um templo que fosse, no seu conjunto e nos detalhes, uma pregação viva da doutrina católica.

Agora, na maturidade de sua vida, quis ele deixar uma espécie de Guia Artístico da sua obra de predileção.

Quem percorrer verificará facilmente que tudo, naquele templo de rara beleza, converge para a transmissão da doutrina da fé e da vida cristã. O Santuário de Vera Cruz é um Evangelho esculpido na pedra e explicado em linhas e cores.

Bem aja o seu idealizador, por nos deixar um legado tão precioso. Bem haja, igualmente, por nos apresentar, de maneira tão convicta e clara, em todos os pormenores, a sua obra. Ela fala por si mesma. E, através deste Guia, continuará sempre a falar-nos o seu autor”.

 

Pastoral da Comunicação – Pascom 

Vera Cruz/SP

sscjesus.paroquia.net.br 

Missas ao vivo:

Domingos, às 19h00 – Internet e Onda Mix FM – 105,9 

(14) 3492 1674

Notícias

Comente!